Semana da Pessoa com Deficiência tem emocionante caminhada pela Rua Dr. Alcebíades

Notícias

O 5º dia da Semana da Pessoa com Deficiência foi realizado na manhã da última quarta-feira (29) em Timbaúba. Uma caminhada com início na Praça do Centenário até a Praça João Pessoa, contou com a participação de alunos, professores e sociedade em geral. A Rua Dr. Alcebíades ficou tomada de muita alegria e emoção. O intuito das pessoas que participavam da caminhada era alertar a sociedade sobre a importância da inclusão social.

Com o tema “Práticas Inclusivas, Respeitando as Diferenças”, o evento organizado pela Prefeitura de Timbaúba contou a participação das secretarias de Assistência Social, Educação e Saúde;  Unidades do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e Centro de Referência de Assistência Social (CRAS); Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD); Associação dos Deficientes e Amigos de Timbaúba (ADAT); Conselho Tutelar; Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV); Escolas Antônio Galvão, Maria Emília Vasconcelos (EMMEV), Ideal e Colégio Timbaubense (Representado pelo Professor Maciel Maguinho).

Durante o percurso, as pessoas com deficiência receberam carinho, amor e saudações dos participantes. Mais um momento especial para eles, que lutam com muita força de vontade por respeito e direitos.

“É uma satisfação imensa está participando da Semana da Pessoa com Deficiência. A igualdade, temos que mostrar nas ações do dia a dia. Fico feliz e parabenizo a equipe por esse tratamento especial a todos os timbaubenses sem distinção. Parabéns pelo trabalho de todos os envolvidos” disse o prefeito Ulisses Felinto, durante a caminhada.

Debaixo da árvore timbaúva, que deu origem ao nome da nossa querida cidade, na Praça João Pessoa, o presidente da CMPD, Adilson Rodrigo; a presidente da ADAT, Katiane Galvão; o presidente do Conselho Tutelar, Luiz Fernando; Gestora do Sistema Único de Assistência Social  (SUAS), Camila Borba; Coordenadora do CREAS, Rosane Queiroz; e os representantes das pessoas com deficiências, Josenildo e o professor João Paulo, comunicaram ao público sobre a inclusão social das pessoas com deficiência que significa torná-las participantes da vida social e assegurar o respeito aos seus direitos perante a sociedade, o Estado e o Poder Público.